F Vai curtir o Carnaval? Saiba como lidar com situações que afetam a saúde. não sair casa sem elas ~ Mundo Masculino Por Mauro Lima

Vai curtir o Carnaval? Saiba como lidar com situações que afetam a saúde. não sair casa sem elas



Carnaval é sinônimo de alegria. Mas a festa também apresenta riscos à saúde do folião, que quer aproveitar até o último minuto e acaba se descuidando em algumas situações.O forte calor, o uso de banheiros públicos, a ingestão de álcool podem encurtar o feriadão, por isso,Mundo Masculino por Mauro Lima  elaborou um miniguia de sobrevivência para quem quer aproveitar até o fim e voltar ao trabalho bem disposto e sem prejuízos.


Tenho que usar o banheiro químico ou público. Como posso evitar doenças?


As pessoas devem evitar o contato com o assento, principalmente as mulheres. Higienizar as mãos ao abrir e fechar a porta do local, usando um álcool em gel ou se protegendo com um papel higiênico ao tocar a maçaneta, é muito importante.
As doenças mais comuns são as transmitidas pelas bactérias coliformes. O indivíduo não vai pegar hepatite B ou HIV em um banheiro, a não ser que ele entre em contato com secreções com alta carga viral

As ruas ficam sujas durante a folia, com cacos de vidro. E se eu me cortar?

É muito comum encontrar garrafas quebradas pelas ruas durante o Carnaval. Então se a pessoa se ferir durante a folia, a primeira coisa que se deve fazer, segundo Fernando Ganem, é lavar o local com água corrente. Se possível, deve-se usar um sabão também.

Como a pessoa está em um ambiente de rua, a melhor coisa a se fazer é lavar

O álcool em gel também pode ajudar nesses casos. E para quem não é vacinado, deve-se ficar atento ao risco de tétano. Se o corte for profundo, o indivíduo deve procurar atendimento médico em um pronto-socorro.

Quero sambar muito. Como evitar lesões musculares?

Alongamentos antes e depois da farra e descanso de pelo menos seis horas também são importantes.

Para evitar lesões musculares é necessário ter um bom preparo físico para aguentar todos os dias de folia. Então, se você não se preparou muito, é melhor ficar nos passinhos mais básicos e não se empolgar na performance.
Quero curtir todos os dias. Qual a melhor dieta para aguentar a folia?
O folião não precisa manter a dieta até no Carnaval, mas é bom ficar atento com o que se come e, o mais importante, se alimentar bem.
alerta importante para que ninguém saia de casa para a festa sem comer nada.
Esse é o maior erro da maioria dos foliões, na adrenalina e alegria, não sentem fome, pensam que não precisam e vão para a festa. Não se hidratam, e depois passam mal por desidratação ou hipoglicemia ou os dois juntos
O ideal é fazer todas as refeições: café da manhã, almoço e jantar.
principalmente durante e depois de datas como o Carnaval, quando se bebe mais, devemos aliviar o fígado. Dietas muito gordurosas e cheias de condimentos são as que sobrecarregariam ainda mais o órgão. Por isso ela alerta o folião para ficar longe de frituras, alimentos industrializados, petiscos de praia, carnes e queijos gordurosos.o folião pode levar também lanches na bolsa, como água de coco de caixinha, frutas secas como uva passa, ameixa seca, nozes, castanha de caju, castanha do Pará, damasco seco, bolachas, polvilho, frutas como maçã, banana, pera e isotônicos.
Faz muito calor no Carnaval. Qual a melhor maneira de me manter hidratado?
Todo mundo já sabe, mas é bom reforçar: tome muita água!
Para não correr o risco de ficar desidratado, os nutricionistas alerta para que o folião não se esqueça de tomar pelo menos dois litros de água por dia. Ela também aconselha levar isotônicos ou água de coco industrializada.
Quero beber muito, mas não quero passar mal. O que devo fazer?
Os foliões costumam exagerar um pouco na ingestão de bebidas alcoólicas durante o Carnaval, então a dica é não ir para as festas de estômago vazio.
Mas não vale apenas tomar o café da manhã e passar o resto do dia e da noite a base de bebida alcoólica. É preciso manter seu metabolismo. Almoce salada, arroz, feijão, carne magra, mas nada de exageros, tipo comer dois ou três pratos de comida e ir sambar. Uma boa macarronada com molho de tomate poderá ser uma ótima opção pré-baile
Outra dica, é intercalar as bebidas alcoólicas com água, suco natural ou água de coco, pois assim ajudará a minimizar o efeito da desidratação causada pelo álcool e diminuirá os efeitos da ressaca no dia seguinte.
Vou passar muito tempo na rua. Quais os cuidados com a minha pele?
Os blocos de ruas são memoráveis, mas se você não quiser ficar lembrando deles cada vez que olhar o espelho, passe filtro solar.
A radiação está muito intensa nesse verão, principalmente nos horários de pico de UVB (entre 10h e 16h), podendo causar queimaduras, insolação e câncer de pele a longo prazo.
O protetor deve ser de amplo espectro, ou seja, proteger contra radiação UVA e UVB, deve ser aplicado 30 minutos antes da exposição e reaplicado a cada duas horas. Não se esqueça de passar também nas orelhas e use protetor labial.
Outro cuidado que considero importante é em relação ao uso de maquiagem e tintas utilizadas na produção da fantasia. Muitas vezes as pessoas utilizam produtos de qualidade duvidosa e em combinação com o sol e suor, a possibilidade de reação cutânea aumenta. Portanto, é preciso ter cuidado e procurar produtos de qualidade, submetidos a testes dermatológicos e com aprovação da Anvisa.
Quero "colar" no trio elétrico. Minha audição corre risco com o som alto?
Música alta não pode faltar durante o Carnaval, mas a audição também necessita de cuidados.
A maioria dos trios elétricos é capaz de atingir a intensidades sonoras maiores de 100-110 decibéis. Para você ter noção, a nossa exposição média a um som de 105 decibéis não deve ultrapassar 1 hora/dia.
Como não temos como controlar o volume da música em cada trio elétrico, os médicos indicam o uso de proteção auricular com plugs ou conchas, bem como a intercalação a exposição ao som.
Postagem mais recente Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Mundo Masculino Por Mauro Lima | Suporte: Mais Template