domingo, 17 de dezembro de 2017

Anabolics #24 Testosterona - Introdução


Fala galera hoje e dia  de Anabolics e vamos da continuidade a fala sobre AES, e vamos da sequencia a uma serie de post sobre o maior dos AES o soro dos super saldados a testosterona, como são uma infinidade de esteres possível  eu irei dividir em vários post.  Hoje vamos conhecer um pouco da história da testosterona.

Antes de prosseguir quero deixar bem claro que a intenção é informar em momento nenhum estou fazendo apologia ao uso.

Em 1989, em paris um médico de 72 anos chamado Charles Edward Brown Séquard começou a dizer que havia encontrado um tratamento revolucionário que tinha melhorado capacidade intelectual, aumento sua força, resistência e disposição através de uma injeções subcutâneas de extratos feitos dos testículos de cães e de porcos da índia.
Pouco mais de um mês após a comunicação feita em Paris, um entusiasmado Brown Séquard descrevia para o grande público sua experiência. No artigo científico publicado em 20 de julho no The Lancet, respeitado periódico médico editado na Inglaterra, um líquido extraído das glândulas sexuais de certos animais torna-se, na presença de testemunhas fidedignas, alguma coisa capaz de produzir efeitos revigorantes sobre as funções mentais, o aumento da agilidade, resistência, energia e
força muscular do cientista. Ele não sabia exatamente o que era essa nova substância, mas conhece seus efeitos e trata de descrevê-los da forma mais detalhada possível. o cientista por diversos motivos acabou deixando de lado a suas pesquisas.
No final de 1935, após inúmeros testes, controvérsias e processos de purificação que incluíram o isolamento dos hormônios sexuais masculinos “a partir de 15.000 litros de amostra de urina" uma
substância cristalina foi apresentada. Ela recebeu dos cientistas o nome de testosterona,o principal hormônio masculino produzido pelos testículos. Desde então, segundo a opinião dos pesquisadores norte-americanos John Hoberman e Charles Yesalis, “a testosterona e seus derivados principais, os
esteroides anabólicos-androgênicos, têm levado uma curiosa vida dupla.”. Sintetizada em laboratórios, a substância popularmente chamada de anabolizante, é agora capaz de substituir hormônios de homens e mulheres que diminuem com a idade. O seu uso clínico, embora controverso, inclui ainda o tratamento de anemias, da osteoporose, em casos de hipogonadismo (baixa produção de testosterona por parte do homem) e também em casos de doentes com câncer terminal e AIDS, que muitas vezes se utilizam dessas substâncias para ganhar peso. Por outro lado, de acordo com os autores, o uso ilegal da testosterona e seus parentes, os esteroides anabolizantes, a fim de aumentar a
massa muscular e melhorar o desempenho desportivo, tem alimentado um milionário mercado negro. Desde 1940 numerosos atletas de elite e fisiculturistas têm feito uso dessas drogas para aumentar a massa muscular e intensificar regimes de treinamento.

post novo do quarta e domingo


Anabolics #02 Durateston origem, o que é?, efeitos, modo de uso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow Us!