Tipos de cueca e qual é a ideal para seu corpo e estilo

Você pode ter qualquer estilo. Mas, necessariamente, terá que usar uma cueca para compô-lo. A peça mais básica e universal do armário masculino acompanha sua vida desde criança até a terceira idade.
Cada um tem sua preferência e cada ocasião pede um tipo específico. São diversos modelos, tecidos e padronagens que podem realçar os atributos do seu corpo ou mesmo prejudicá-los. Com nossas dicas abaixo, não tenha medo de escolher um modelo de cueca que traduza o seu estilo:


  • SLIP


O tradicional modelo de underwear é o mais vendido no Brasil. Dentro dele existem algumas variações, como mais ou menos cavado nas laterais, com elástico normal ou grosso. O modelo da sensação de liberdade de movimentos
Para quem é indicado: como a slip deixa a coxa totalmente à mostra, é uma peça que proporciona um efeito visual de alongar as pernas. Este modelo não marca debaixo das calças e tem bom uso com roupa social, além de ser recomendado para uso com jeans slim fit.


  • BOXER


Com um design mais moderno e que lembra um short, este modelo ganhou popularidade com o público masculino jovem. Não marca por baixo da roupa, mas costuma embolar nas pernas de quem usa calça muito justa, formando um volume no início da coxa. Ela ainda é mais confortável que o modelo slip.
Para quem é indicado: não prejudica quem não tem o corpo malhado. É indicada para pessoas altas, pois encurta um pouco as pernas.


  • SAMBA-CANÇÃO


Para quem não gosta de aperto e nem perrengue, este é o modelo ideal. Vai bem com calças chino ou de alfaiataria, pois permitem um caimento mais confortável no corpo.Para quem é indicado: para quem procura conforto extremo.


  • SUNGA


O modelo fica no meio termo entre uma slip e boxer. O resultado é mais liberdade de movimentos e uma adesão bem grande entre os esportistas, por dar segurança sem pegar e incomodar na perna.
Para quem é indicado: esta peça é um coringa, pois não tem o problema do acúmulo de tecido na coxa.


DETALHES TAMBÉM SÃO IMPORTANTES



  • Elástico na cintura


O modelo mais rígido tem mais firmeza, mantém a peça no lugar e não dobra quando sentamos. O elástico mais maleável (presente nas underwear para o esporte) aperta menos, e é mais confortável.

  • Tecidos

– O clássico algodão é o tecido coringa, já que deixa a pele respirar bem.
– Os modelos de microfibra com Dry (voltado ao esporte) controlam a temperatura do corpo e não retém o suor.
– Os modelos em poliamida oferecem maior resistência, mantendo a cueca macia mesmo depois de algumas lavagens.
– O modal é uma fibra natural extraída da madeira, que propicia maciez mesmo após várias lavagens. Ela ainda passa a sensação de “pele sobre pele”, absorve umidade e facilita a transpiração.
– O bambu é uma malha à base de fibra de bambu, matéria-prima renovável que proporciona um tecido mais macio e leve, facilita a transpiração do corpo e dificulta a proliferação de bactérias. Ela também acompanha a temperatura do corpo.


DICAS RÁPIDAS E PRÁTICAS

Quer evitar odores? Escolha modelos com tecido de microfibra possibilitam uma melhor transpiração sem reter suor. Quer mais conforto? Cuecas sem costura garantem caimento perfeito, sem gerar nenhum tipo de incomodo ou irritação na pele.

0 Comentários