10 Erros Da Dieta Low Carb Que Impedem De Emagrecer

10 Erros Da Dieta Low Carb Que Impedem De Emagrecer

A dieta low carb está se tornando bastante popular por ser conhecida como um modo simples e rápido de perder peso. Entretanto, alguns erros podem estar impedindo que você alcance o tão desejado objetivo de emagrecimento. Confira 10 erros que separamos para vocês

1° Não restringir o suficiente os carboidratos

A dieta low carb é bastante eficiente quando falamos em emagrecimento. Mas o termo low carb, pode parecer vago para a maioria das pessoas, até porque, essa quantidade varia de indivíduo para indivíduo. O que serve para uns, pode não ser suficiente para outros. Uma dieta low carb pode variar de 20-50g de carbos/dia. Uma dieta com uma ingestão abaixo de 50g de carbos por dia normalmente leva à produção de cetonas. Quando o seu corpo está produzindo cetonas, significa que não depende mais da glicose (açúcar de carboidratos) como fonte de energia, proporcionando benefícios metabólicos significativos e perda de gordura mais fácil.
Para obter melhores resultados, seu consumo de carboidratos deve vir de basicamente de fontes como vegetais folhosos, legumes pobres em amidos e frutas como coco, abacate, limão e algumas outras de consumo mais moderado como as berries (mirtilos, framboesas), acerola, maracujá. Elimine os grãos, eles são ricos em carboidratos. E principalmente, elimine os produtos industrializados pois são extremamente ricos em carboidratos e açúcar. Leia sempre os rótulos antes de qualquer compra.
Lembrando que cada indivíduo se comporta de uma maneira, par1a alguns uma restrição a 50g de carboidratos por dia pode induzir ao emagrecimento. Outras, precisam restringir mais, a 20g/dia para levar ao emagrecimento.

2° Medir apenas seu peso na balança

Quando falamos em emagrecimento, seu peso na balança é relativo. No início, a maior perda é de líquidos. Este é o motivo da maioria perder peso rapidamente logo no início. Mas essa perda de peso pode diminuir e até parar ou mesmo ocorrer o contrário. Por isso, avaliar apenas pelo seu peso é um dos erros mais comuns da dieta low carb. Se você começou a fazer algum tipo de exercício aliado à dieta, provavelmente sua massa muscular estará aumentando e massa magra pesa mais do que gordura, então não se preocupe em verificar seu peso todo dia. Existem aparelhos que medem sua composição corporal, porcentagem de massa magra, gordura, líquidos. Mas em geral, o melhor jeito de determinar se sua dieta low carb está funcionando, é tirando suas medidas. E você pode até usar um truque: o “método do jeans”. Se seu jeans começar a ficar folgado, mesmo que não haja mudanças na balança, é sinal de que você está queimando suas reservas de gordura.

3° Excesso de proteínas do leite

Algumas pessoas cometem o erro de consumir um excesso de proteína de leite no lugar dos carboidratos. O problema é que a proteína pode elevar os níveis de insulina o que leva ao ganho de peso. Uma maneira disso acontecer é através de um processo chamado gluconogênese. O fígado é capaz de converter os aminoácidos das proteínas em açúcar quando os níveis de glicose são baixos. Isso torna a queima de gordura mais difícil e pode dificultar a perda de peso. A proteína do leite possui uma combinação de aminoáciodos que pode ativar a insulina de forma semelhante aos alimentos ricos em carboidratos. O aumento dos níveis de insulina1 impede seu corpo de utilizar a gordura como fonte principal de energia. Se esse for seu caso, se seu consumo de alimentos lácteos estiver muito alto, diminua as quantidades de creme de leite, queijos e iogurtes. Por outro lado, a manteiga não afeta seus níveis de insulina.

4° Não beber água o suficiente

Beber grande quantidade de água não fará você ganhar peso, muito pelo contrário. Já o contrário, não beber água suficiente durante o dia fará com que seu corpo retenha líquidos.
Em uma dieta low carb, a água é extremamente necessária, principalmente para eliminar o excesso de cetonas e quiemar gordura com maior eficácia. Beber bastante água em uma dieta low carb ajuda também na digestão e na prevenção dos sintomas da “gripe low carb”, quando se está na fase de adaptação. Você deve beber pelo menos 8 copos de água por dia. Evite mais este erro que a impede de alcançar seus objetivos e beba muita água!

5° Não fazer exercícios 

Embora você possa perder peso sem fazer qualquer exercício, é recomendável que você faça alguma atividade física regular. A dieta low carb induz a liberação dos estoques de gordura no corpo, mas, se não houver atividade nenhuma para queimar essa fonte de energia, ela pode simplesmente voltar a ser estocada. Não cometa o erro de acreditar que toda a gordura irá simplesmente desaparecer enquanto você fica sentada, esperando. A única maneira disso acontecer é se você também restringir sua ingestão calórica a níveis menores do que seu corpo utiliza.
Isso não quer dizer que você tem que passar seus dias na academia. Uma simples atividade física já é o suficiente, mas lembre: seu corpo precisa ser desafiado a fim de se ter o melhor dele. Quanto maior o seu esforço, melhores os resultados. E uma atividade física não se limita apenas ao emagrecimento. Ela libera endorfinas, que geram satisfação e bem estar. Uma atividade física regular também melhora e aumenta sua massa magra, tonifica o seu corpo, você fica mais jovem e bonita. Sua auto estima com certeza se eleva e tudo melhora. Eu realmente acredito que o exercício faz bem não somente ao corpo como também à mente a alma.


6° Comida processada ao invés de "comida de verdade"

Um dos preceitos básicos da low carb é eliminar comida processada e comer “comida de verdade”. Leia sempre as letras pequenas dos rótulos e não acredite em alimentos “Lgiht”e “Diet”. Esses produtos são cheios de químicos intoxicam seu organismo e impedem uma boa saúde. Tenha em sua dieta alimentos de qualidade, ricos em nutrientes, livres de químicos, hormônios e toxinas. Alimentos orgânicos, naturais. Carnes e ovos ricos em gorduras naturais, de criações orgânicas se possível, verduras e legumes orgânicos, gorduras saudáveis como óleo de coco e azeites de oliva extra virgem. Vegetais low carb incluem legumes e vegetais folhosos como a couve, repolho, espinafre, brócolis, abobrinhas, berinjela, couve flor, cogumelos, rabanetes, nabo, aspargos. Priorize esses alimentos em seu dia a dia. Frutas ricas em gorduras saudáveis como coco e abacate.
Embora alguns pratiquem a low carb eliminando também qualquer tipo de vegetais, esta não é a melhor escolha. Isso por uma série de motivos: os vegetais são alimentos extremamente ricos em nutrientes, vitaminas e minerais, que são imprescindíveis para reduzir processos inflamatórios no organismo e prevenir doenças. Meu conselho: consuma muitos vegetais low carb.

7° Alto consumo de frutas

O açúcar presente nas frutas pode estancar sua perda de peso ou até mesmo provocar o ganho de peso, quando consumidas em excesso. Algumas frutas de baixo carboidrato1 como as berries (framboesas, mitilos) são muito ricas em nutrientes e devem fazer parte de qualquer dieta. Mas, como tudo, particularmente as mais doces, devem ser consumidas com moderação. Tome cuidado com o açúcar e os carboidratos presentes nas frutas e estipule um consumo máximo de 10g de carboidratos  por vez. O consumo excessivo de frutas é um dos grandes erros da dieta low carb.

8° Alto  consumo calórico

Com tudo de maravilhoso que a dieta low carb high fat permite, muitos simplesmente incorrem no erro de ingerir muito mais calorias do que necessita. Comer quantidades adequadas de gorduras saudáveis irá satisfazer sua fome e você não sentirá necessidade de comer demais. Entretanto, algumas pessoas acabam comendo mais do que o necessário não por estarem realmente com fome, mas por outros motivos quaisquer.
Tenha em mente que comer em excesso em qualquer dieta, leva ao ganho de peso e estoque de gorduras. Se você não está emagrecendo na dieta low carb, talvez esteja precisando descobrir qual quantidade de calorias está ingerindo durante o seu dia para que possa verificar se não está se excedendo.

9° Não monitorar seus níveis de açúcar no sangue 

Talvez seja interessante investir em um medidor de glicose, mesmo que você não seja diabético.
Alguns alimentos taxados como low carb podem elevar seus níveis de açúcar sem você saber, ativando a liberação da insulina. Os níveis de insulina e o estoque de gorduras estão diretamente ligados, então saiba se algum alimento está influenciando sua insulina.

10° Consumir  adoçantes em excesso

Embora adoçantes low carb como Splenda, Swerve e Truvia (sucralose) ainda sejam considerados seguros ao consumo, estudos recentes afirmam que eles não são tão seguros assim. A sucralose tem sido associada a alterações na flora intestinal e também a alterações da insulina. Além disso, embora seja livres de calorias, esses adoçantes afetam negativamente seu apetite, estimulando hormônios como a leptina e grelina. Quando esses hormônios estão desregulados, você é levado a comer mais do que o necessário.


Fonte:detoxlovers.com.br


0 Comentários