Sobrepeso – um Sintoma ou um Problema?


A obesidade é definida como uma condição médica causada devido ao acúmulo de gordura no corpo, colocando assim um risco à saúde. De acordo com as definições aceitas com base no índice de massa corporal (IMC), qualquer ser humano, com IMC superior a 30, é obeso. No entanto, isso não dá exatamente o estado de saúde de um ser humano, porque a maioria dos indivíduos com um IMC superior a 30 pode ser gordo eles não são necessariamente obesos. A obesidade por si só é uma condição médica, que aumenta o risco de outros problemas de saúde relacionados ao coração, principalmente.
Uma das principais causas para a obesidade em todo o mundo é comer de mais. Sobre a ingestão de resultados em consumo excessivo de calorias e forma atual de vida deixa pouco espaço para os indivíduos para queimá-los fora. A maioria dos indivíduos hoje não sabe o que seus corpos exigem e que tipo de alimentos são mais adequados para eles. Muitos também não sabem como seus corpos funcionam, portanto, não sabendo quanta comida consumir. Embora seja essencial para atender à fome natural do corpo, além de comer demais, é também comer errado que é uma das principais causas de obesidade. Hoje a sociedade humana tem à sua disposição vários alimentos que não são naturais. Estes são artificiais e processados em fábricas, que não apenas ajudar na pilling libras, mas também colocar o corpo em risco de várias doenças. Este risco para a saúde pode ser considerado uma desgraça da vida moderna, quando o alimento natural perdeu o seu lugar para fast-food.
O sedentarismo é a principal desgraça da vida moderna, onde recebemos muito pouco exercícios. Os indivíduos são duramente pressionados para a  falta de  tempo e para motivação para o exercício físico.
A importância do exercício não é compreendida nos tempos modernos. Ao contrário do anterior, quando havia mais tempo à nossa disposição e quando a vida era mais descontraída e menos estressante, os corpos humanos eram naturalmente aptos sem a necessidade de exercício dedicado. Muitos pesquisadores  A importância do exercício não é compreendida nos tempos modernos. Ao contrário do anterior, quando havia mais tempo à nossa disposição e quando a vida era mais descontraída e menos estressante, os corpos humanos eram naturalmente aptos sem a necessidade de exercício dedicado. Muitos pesquisadores relatam, que no tempo pré-histórico, particularmente quando o homem era um alimento se reúnem, os corpos eram naturalmente mais Fitter, tornando assim o corpo mais imune à doença. Esta aptidão era atribuível ao estilo de vida e à dieta. Enquanto a construção do homem era ligeiramente diferente, a aptidão, ou seja, o potencial do corpo para realizar atividades normais, era muito maior do que o que podemos fazer hoje. Sedentarismo não tem apenas adultos afetados, mas também afetou as crianças. As crianças não jogam como frequentemente as gerações precedentes fizeram mais cedo. Com o advento de videogames e computadores, as crianças não derivam diversão de atividades ao ar livre. Como resultado, seus corpos ganham quantidades desproporcionais de peso. As crianças dificilmente são destinadas a ser obesos, mas com o tipo de estilo de vida que levam hoje, não há espaço para a aptidão.
Enquanto a falta de exercício pode causar obesidade, há um ângulo que merece menção aqui, que pode ser atribuída aos tempos modernos a ruína de excesso de exercício. Hoje, os jovens tendem a manter seus corpos aptos através da ajuda de ginásios modernos. Construir o músculo nos tempos modernos exige que os indivíduos consumam o enorme da proteína, a maioria de que é artificial. Isso ajuda um indivíduo a ganhar massa muscular rápida em uma curta duração de tempo que é novamente tonificada pelo treino.
No entanto, quando um indivíduo tende a parar de trabalhar para fora suas pilhas de corpo em peso, porque ele tem que sustentar seu metabolismo pesado que foi desenvolvido durante os períodos de treino. É uma visão comum hoje para ver os esportistas e fisiculturistas que têm ou desistiu de seus esportes ou pararam de trabalhar fora, com grandes waists. Isto faz uma maravilha como tais corpos têm apões muitos pesos.
Mais cedo foi enfaticamente  afirmou que a obesidade é um problema, ele também pode dizer que é um sintoma. Existem várias doenças como diabetes e também outros problemas genéticos que podem causar obesidade. Neste caso, apesar do indivíduo que come normalmente, o corpo converte o alimento à gordura. Não importa o que o indivíduo faz, ele não é capaz de lançar fora o peso. Quando a obesidade não é atribuível ao excessos ou ao estilo de vida, a seguir precisa de ser examinada a fim determinar a causa subjacente. Os problemas nos genes podem começa agravados sobre o tempo e daqui justificam o tratamento adiantado.
Ele também precisa ser mencionado neste capítulo que a obesidade é um indicador para a doença. Neste sentido, é um sintoma de doenças iminentes ou existentes que foram causadas principalmente por serem obesos  esta classe de doenças são vários e variam de coração relacionado com distúrbios metabólicos como diabetes. Pessoas obesas estão em um sério risco para a saúde e a menos que a intervenção drástica é procurado, o corpo está dirigido para uma certa ruína. No entanto, as intervenções procuradas não devem alterar o equilíbrio natural do corpo, que o corpo evoluiu ao longo de milhões de anos. Este equilíbrio não só mantém o ajuste, ele mantém em seu estado natural que está acostumado e encontra perfeita harmonia.