Buclina e Copavital - Abrem o Apetite?

Buclina e Copavital - Abrir o Apetite?

O que é?

  • Buclina é um medicamento que possui em sua fórmula uma substância chamada dicloridrato de buclizina. Esta substância age no organismo promovendo o estímulo do apetite. Muita gente pode pensar que apenas a ingestão de buclina faz com que você engorde, mas não funciona bem assim. Saiba que o que a buclina irá fazer no seu organismo é diminuir a glicose no sangue, ao mesmo tempo em que faz com que o corpo produza mais insulina. Com isso, o nosso hipotálamo mandará sinais ao corpo indicando que estamos com fome, fazendo com que comemos mais nutrientes durante o dia. Por isso que, a buclina apenas é um estimulador de apetite. São os alimentos que você irá consumir que irão promover os quilos a mais.
  • Copavital é um medicamento que possui em sua fórmula cobamamida (é uma coenzima da vitamina B12, que pode ser encontrada naturalmente no corpo humano e que tem a propriedade de interferir nos mecanismos de síntese de proteínas, sobretudo aqueles que ocorrem no fígado) + cloridrato de ciproeptadina. (atua estimulando o apetite, a fim de que o corpo tenha nutrientes suficientes para construir mais tecido). Esta substância age no organismo promovendo o estímulo do apetite.

Realmente funciona?

Sim, são dois fármacos que realmente aumenta a fome, mas como todos os remédios eles tem seus efeitos colaterais que você verá mais detalhados abaixo.

Vale apena tomar?

Pela questão de custo sim compensar o uso, mas e sempre bom lembra com o acompanhamento de um profissional.

Quem não poder fazer uso desses medicamentos?

  • Buclina - Não existem contraindicações específicas. Tendo em vista a inexistência de dados referentes ao efeito sobre a gestação, o uso de Buclina é contraindicado em mulheres grávidas e lactantes (mulheres amamentando).
  • Copavital - Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com glaucoma de ângulo fechado, retenção urinária, úlcera péptica estenosante ou obstrução piloro- duodenal, contraindicado para uso por pacientes sensíveis à cobamamida e ciproeptadina ou aos demais componentes de sua formulação, e a outros fármacos de estrutura química semelhante, contraindicado para menores de 2 anos e mulheres grávidas sem orientação médica. Pois o cloridrato de ciproeptadina está enquadrado na categoria de risco B.

Efeiros colaterais 

  • Buclina - Os efeitos colaterais que aparecem frequentemente são sonolência, Incidência menos frequente, Visão embaçada, secura da boca, nariz e garganta, dor de cabeça, nervosismo, agitação, ou dificuldade em dormir e dor de estômago
  • Copavital - Os efeitos colaterais que aparecem frequentemente são sedação e sonolência. Em crianças, a sedação pode constituir efeito desejável pela possibilidade de reduzir a tensão emocional frequentemente associada com a anorexia. Muitos pacientes que no início se queixam de sedação, podem deixar de apresentá-la após três ou quatro primeiros dias de tratamento. Mais raramente, podem ocorrer secura das mucosas, cefaleia, náuseas e erupções cutâneas. Muito raramente pode ocorrer estimulação do Sistema Nervoso Central manifestada por agitação, confusão ou alucinações visuais.

3 Comentários

  1. Eu sempre leio os efeitos colaterais e sono é dos que mais não me preocupam kkkkk. Achei interessante essa postagem e já sei para quem indicar.

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia nenhum dos 2 mais gostei muito da sua indicação

    ResponderExcluir
  3. Minha preocupação são sempre os efeitos colaterais.
    Eu, em geral, não sou tão ligado nessas coisas então é bom quando me deparo com informações assim.

    ResponderExcluir